NOTÍCIA VOLTAR

22 abril 2020

A direção do Sindicato dos Trabalhadores em Eletricidade no Estado do Tocantins – STEET informa aos trabalhadores e trabalhadoras da Energisa Tocantins que a empresa comunicou oficialmente o sindicato na data de hoje dia 22, quanto ao seu pleito, que será a implementação da Medida Provisória 936 de 1º de abril de 2020, onde permite para o momento de crise em que o país está atravessando, causado pela COVID-19, dentre outras medidas a redução de salários, suspensão dos contratos de trabalhos por até 60 dias. Conforme informado pela empresa estará praticando a redução de jornadas e a suspensão de contratos de parte do seu quadro de trabalhadores.

Segundo a ETO trata de uma decisão tomada pelo Grupo Energisa, que estará acontecendo em todas as empresas do grupo.

A direção do sindicato lamenta a decisão que a Energisa está tomando, por entender que não há necessidade para aterrorizar ainda mais seu quadro de trabalhadores com medidas drásticas, ainda mais após os lucros que a empresa auferiu como resultado do ano 2019.

Está agendado uma reunião com a direção do sindicato para o dia 28/04 às 09hs para tratar do assunto.

Sabemos que a Medida Provisória tem forças de lei e que parte das perdas salarias causado pela redução da jornada ou pela suspensão do contrato será complementado pelo governo de forma a garantir em tese a remuneração de cada trabalhador. Mais uma vez o sindicato não medirá esforços e fará os questionamentos e até denúncias caso se fizer necessário.

 

A direção do STEET informa ainda que somente após a reunião prevista, terá maiores detalhes a repassar aos trabalhadores.

Francisco Pereira da Conceição

Diretor - Presidente