NOTÍCIA VOLTAR

19 junho 2019

Ocorreu nesta quarta-feira, a 2ª rodada de negociação entre o Steet e Energisa, visando a renovação das cláusulas econômicas do acordo coletivo de trabalho.

Desde a 1ª rodada de negociação que a Energisa apresentou seu interesse em alterar a cláusula que prevê o pagamento do adicional de dupla função, pago aos empregados que dirigem veículos da empresa.

O sindicato tem se posicionado acerca do assunto com bastante preocupação, pois entende que os trabalhadores não podem sofrer retrocesso, amargando perdas em sua remuneração. A alegação da empresa é de que não concorda que os trabalhadores que pouco dirigem, recebam o adicional.

Outro ponto em questão é a participação dos empregados no plano de saúde, a empresa quer repassar aos empregados um reajuste de 12% ocorrido na última renovação do contrato entre a Unimed e a Energisa.

Já para o reajuste salarial e dos demais benefícios e adicionais, a proposta da empresa é a aplicação de 5,07%, exatamente a inflação medida pelo INPC do IBGE apurada para o período na data base.

Como a empresa não apresentou detalhes de sua proposta para o adicional de dupla função, a direção do Steet solicitou informações adicionais mais detalhadas para que seja feita análise do impacto dessa proposta.

A direção do sindicato entende que os seus representados não podem acumular perdas, principalmente no momento em que a empresa tem seus indicadores técnicos e financeiros extremamente favoráveis.

Com o apoio de toda a categoria o Steet tem certeza de que conseguirá tirar da empresa uma proposta justa e que satisfaça os interesses dos eletricitários.

JUNTOS SOMOS MAIS FORTES, A EMPRESA NÃO DÁ NADA, A GENTE É QUE CONQUISTA!