NOTÍCIA VOLTAR

21 março 2018

 

A direção do Steet realizou assembleia, entre o dia 28 de fevereiro e 20 de março, com os trabalhadores das empresas Enecol, Elfe, LL Engenharia, Eletronord, Energisa Soluções, dentre outras. O objetivo da assembleia, que ocorreu em todo o Estado, era deliberar sobre a proposta apresentada pelo Sinduscon (sindicato que representa as empresas terceirizadas) para renovação da Convenção Coletiva de Trabalho (CCT).

 

No total 81,82% dos trabalhadores que participaram da assembleia rejeitaram a proposta das empresas por entenderem que ela não atende suas reivindicações. A pauta de reivindicações dos trabalhadores para a renovação da Convenção Coletiva de Trabalho consiste em:

 

 

A proposta do Sinduscon que foi rejeitada pelos trabalhadores é a seguinte:

 

 

Observação: Vale destacar que a proposta de pagamento do adicional de dupla função também foi negada.

 

A direção do sindicato entende que a insistência das empresas em não homologar as rescisões significa um retrocesso, pois a homologação é uma proteção ao trabalhador e garante segurança jurídica, pois demonstra que o empregador pagou o que deveria e o trabalhador recebeu aquilo que tinha direito.

 

A direção do Steet buscará novo encontro com representantes do Sinduscon para tentar retomar a negociação com o objetivo de alcançar uma proposta que atenda às necessidades dos trabalhadores. Não havendo consenso, o que ficou decido na assembleia é que haverá paralisação das atividades, com objetivo de sensibilizar as empresas a atender as reivindicações.

 

 JUNTOS SOMOS MAIS FORTES!