NOTÍCIA VOLTAR

03 dezembro 2018

  

A direção do Steet realizou ao longo dos meses de outubro e novembro, assembleia extraordinária com os trabalhadores das empresas terceirizadas, prestadoras de serviços da Energisa Tocantins Distribuidora de Energia S/A, com o objetivo de discutir e aprovar a pauta de reivindicações para renovação dos acordos coletivos de trabalho e da convenção coletiva de trabalho.

 

A pauta de reivindicações aprovada pelos trabalhadores foi encaminhada pela direção do Steet para as empresas Elfe, Enecol, Eletronord e Energisa Soluções e para o Sindicato das Indústrias da Construção Civil do Estado do Tocantins (Sinduscon/TO), entidade que representa as empresas terceirizadas.

 

Uma preocupação do Steet era buscar junto às empresas e ao Sinduscon/TO, a garantia da data base (1º de janeiro) e o compromisso da manutenção do atual acordo/convenção coletivo, cuja vigência se expira em 31 de dezembro de 2018, até que sejam negociados os novos acordos, já que com a nova legislação trabalhista as empresas não têm obrigação de cumprir os compromissos previstos no ACT após o final da vigência.

 

Com o requerimento formulado pelo sindicato, a Eletronord, a Elfe, a Enecol e o Sinduscon/TO assumiram formalmente o compromisso de garantir a data base em 1º de janeiro e de manter as condições do acordo/convenção coletivo até um novo acordo ser negociado e aprovado, com exceção da Energisa Soluções (Esol) que não firmou este compromisso.

 

Com isso, fica garantido que no momento do fechamento do novo acordo/convenção, as condições negociadas deverão ser pagas considerando a retroatividade à 1° de janeiro, e ainda que o atual acordo deverá ser cumprido fielmente até que novo acordo/convenção sejam negociados. Em relação a Esol, a direção do Steet está tomando as medidas necessárias para também conquistar junto à justiça do trabalho as mesmas garantias adquiridas com as demais empresas.

 

A partir de agora a preocupação será no sentido de buscar negociar o mais rápido possível as condições do novo acordo/convenção coletivo, garantindo prioritariamente a manutenção das conquistas alcançadas pelos trabalhadores.

 

JUNTOS SOMOS UM SINDICATO MAIS FORTE!