NOTÍCIA VOLTAR

06 julho 2017

 

Foi decidido pelos trabalhadores em assembleia realizada nesta quinta-feira, 06, pela paralisação das atividades por três dias, a começar na segunda-feira, 10. A paralisação tem o objetivo de sensibilizar a Energisa Tocantins quanto ao atendimento das reinvindicações dos trabalhadores para renovação das cláusulas econômicas do Acordo Coletivo de Trabalho (ACT).


A empresa insiste em conceder reajuste de apenas 3,99% em todas as cláusulas econômicas (salários e benefícios) e um aumento acima da inflação no ticket alimentação de R$ 2,00, o que representa apenas 0,25% de ganho real. Além disso, a empresa condiciona a negociação de alguma outra melhoria, com a implantação do Banco de Horas que seria discutido no prazo de 30 dias, ou seja, além de não oferecer nada, ainda querem tirar parte da remuneração dos trabalhadores através da implantação do Banco de Horas.

 

A assembleia foi realizada nas principais cidades do Estado, conforme tabela abaixo, tendo a proposta da empresa sido rejeitada por 89,76% dos trabalhadores presentes à assembleia.

 

No entendimento dos trabalhadores há margem para atendimento de suas reivindicações, porém, diante da intransigência da direção da empresa, decidiram que cruzarão os braços, visando sensibilizar a Energisa sobre o atendimento de suas reivindicações.

 

Confira resultado da votação na assembleia

LOCAL DE VOTAÇÃO

ACEITAÇÃO PROPOSTA

REJEIÇÃO PROPOSTA

TOTAL

AUGUSTINÓPOLIS

0

8

8

ARAGUAINA

6

77

83

GUARAI

4

14

18

PARAÍSO TOCANTINS

0

17

17

GURUPI

2

54

56

DIANÓPOLIS

1

6

7

PORTO NACIONAL

2

10

12

PALMAS ALMOX.

10

10

20

PALMAS CMAN

7

17

24

PALMAS ADM. CENTRAL

15

199

214

TOTAL VOTANTES

47

412

459

RESULTADO EM %

10,24

89,76

100,00

 

 

JUNTOS SOMOS UM SINDICATO MAIS FORTE!