NOTÍCIA VOLTAR

29 maio 2014

Após proposta da Eletrobras para PLR, trabalhadores suspendem paralisação

Apesar de terem iniciado nesta quarta-feira (28/05) uma paralisação de três dias, os funcionários da Eletrobras deverão suspender o movimento e retomar suas atividades nas próximas horas. A companhia fez sua primeira proposta oficial para pagamento da Participação nos Lucros e Resultados (PLR) de 2014. A oferta deve ser discutida junto aos representantes dos trabalhadores, em reunião a ser realizada nesta quinta-feira (29), às 10h.

 

Segundo Franklin Moreira, presidente da Federação Nacional dos Urbanitários (FNU), as entidades que representam os trabalhadores deverão apresentar uma contra-proposta. "O que foi proposto ainda está muito abaixo do que pleiteamos", disse.

 

A proposta da Eletrobras, segundo Moreira, prevê o pagamento do valor referente a duas folhas salariais para trabalhadores das empresas que deram mais lucro e um montante inferior para as empresas que deram prejuízo, que vai variar de acordo com o cumprimento das metas operacionais.

 

Nesta lógica, trabalhadores das holding e da Eletronorte, que apresentaram forte desempenho, seriam os principais favorecidos. No outro extremos, estariam os funcionários das distribuidoras. "A tendência é que os geradores e transmissores recebam mais", explicou.

 

O presidente da FNU afirmou que a briga será pelo pagamento igualitário, em valor próximo do que foi pago em 2013, que foi de 1,8 folha salarial por trabalhador. "O prejuízo da companhia referente a 2012 havia sido muito maior", disse.

Fonte: Jornal da Energia